deducao_imposto

Dedução do Imposto de Renda na Previdência

Se você tem renda tributada na fonte e declara o imposto de renda pelo formulário completo, saiba que aplicar em um Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) pode ser um ótimo investimento. Ao investir em um PGBL, você pode deduzir até 12% do valor de sua renda bruta anual do imposto de renda (IR).

Vamos usar um exemplo para ilustrar o ganho que se pode ter ao investir em um PGBL. Supondo uma renda bruta anual de R$ 100 mil, você poderá aplicar até R$ 12 mil em um PGBL de modo que sua base de cálculo para apuração do IR passa a ser de R$ 88 mil (supondo também que não tenha outras deduções por questão de simplificação). Ou seja:

Renda anual = R$ 100.000,00
Aplicação PGBL = R$ 12.000,00
Nova base de cálculo para IR = R$ 88.000,00
Economia gerada (27,5% sobre os R$12.000) = R$ 3.300,00

Assim, o grande ganho irá ocorrer com o imposto de R$ 3.300 que deixou-se de ser pago. Este valor, aplicado a uma taxa de 8% ao ano durante 30 anos, chegará a mais de R$ 33 mil sem o desconto do IR. E se o benefício fiscal for utilizado durante os 30 anos, economizando R$ 3.300 por ano em IR, o montante total chegará a mais de R$ 400 mil.

Entretanto, há alguns pontos importantes a se destacar:

1) Ao adquirir um PGBL, deve-se atentar à taxa de carregamento do plano e à taxa de administração do fundo aonde os recursos estão sendo investidos pela seguradora. Os custos decorrentes destas taxas podem “comer” os ganhos decorrentes do benefício fiscal;

2) O benefício fiscal só é válido para aqueles que têm renda tributada na fonte e declaram o IR pelo formulário completo;

3) Para quem possui dívidas, deixar de pagá-las para investir em PGBL ou qualquer outro investimento, equivale a prejuízo certo. Caso você esteja devendo no cheque especial ou no cartão de crédito, quite estas dívidas antes de pensar em fazer qualquer tipo de investimento, incluindo a previdência privada;

4) Há ainda outra vantagem nos planos de previdência privada: a possibilidade de optar pela alíquota regressiva no IR. Para prazos acima de 10 anos, a alíquota é de apenas 10%.

Essa era a dica de hoje! Espero que tenha gostado!

Clemon Alves
Especialista em Previdência Privada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *